Outras Paragens

Do Banal ao Extraordinário

M/6

Do Banal ao Extraordinário -

a imaginação como limite

 



leitura encenada, seguida de oficina 
de exploração teatral para:

ESCOLAS/ BIBLIOTECAS /MUSEUS / LIVRARIAS / TEATROS / CINETEATROS &  AUDITÓRIOS


criação e interpretação 

Jaime C. Soares

projecto criado sob encomenda do: 
“Mais  Dois”  Programa de Aprendizagem em Artes Performativas d’A Oficina, Centro Cultural Vila Flor - Guimarães

 

“Do Banal ao Extraordinário - a imaginação como limite...” é uma história contada através de teatro com objectos, seguida de uma oficina teatral práctica com foco nas temáticas “arte da imitação” e “transformação”. Trabalhar a percepção da alteração do “EU” e das suas possibilidades enquanto “agente” de imitação e “agente” criativo.

Esta é uma mini apresentação teatral, que nos transporta para uma história sobre  a aceitação da diferença e do próximo como ele é. Uma história que nos faz reflectir sobre a procura da felicidade.

As sessões serão orientadas para acontecerem como uma espécie de viagem (não assumida) entre a história contada e os exercícios desenvolvidos em seguida. O trabalho a desenvolver durante a oficina, será maioritariamente de pesquisa individual.

 

perguntas associadas:

O que é a diferença? Como se realiza o processo de transformação? Imito ou reinvento? Uma coisa é apenas uma coisa? Poderá um objecto “banal” ter outras utilizações/vidas? Uma garrafa será apenas uma garrafa? Poderei eu próprio transformar-me numa mesa? E numa cadeira…? Num balancé? Poderemos criar novos objectos conjugando-nos? Máquinas humanas? O que é imaginar? 

público-alvo:
crianças dos 5 aos 12 anos de idade
nº máximo de participantes por sessão: 26

 

© 2019 NAPALM. All Rights Reserved. Powered by mixtura ®