Apresentações Finais

Alice vai ao Casting


A reboque de uma das produções profissionais da companhia, decidimos pegar na obra Alice do País das Maravilhas de Lewis Carroll e apropriar-nos dela “LABORATÓRIO STYLE”.

Resultado: caos.

Aqui, Alice rapidamente se transforma numa aspirante a protagonista num Casting duvidoso e onde não basta ter talento. Como se também nós tivéssemos tido oportunidade de provar do cogumelo, vemo-nos no epicentro de um País das Maravilhas alternativo, quântico e distópico em que nada parece ser o que é, e tudo é outra coisa.

Os Capítulos vão-nos sendo anunciados entre Alices que crescem desmesuradamente e encolhem à dimensão do átomo, tocas de coelhos fornicadores, lagartas gigantes que falam, alucinações colectivas, gatos que aparecem e desaparecem, chás regados a esquizofrenia e rainhas déspotas que como lulas são recheadas; mas de profundo e perturbado sadismo.

Muita atenção às areias movediças (e às metáforas), não convém ficar demasiado tempo parado no mesmo lugar sob risco de desaparecer e reaparecer mais tarde num outro algures.


M/18
Local: Tuna Musical de Santa Marinha

Exercício Público Teatro de Laboratório

Direcção: Jaime C. Soares

Alunos/Intérpretes: Benedita Folkers, Catarina Pinto, Francisco Pinto, Franclim da Silva, Fritz Mende, Inês Viegas,  João Coimbra, Sara Ferreira e Uxía Rodríguez

Fotografia de Ensaio: Sónia Granja Barbosa

7 e 8 de Março

21h30 e 18h

© 2019 NAPALM. All Rights Reserved. Powered by mixtura ®